ponto de vista

sonoridades

arquivo »

vídeos e fotos

  • jornais A
  • Jornais B
  • Jornais C
  • Jornais D

COLETIVO CATARSE

********   Mais uma leitura diária, obrigatória. Não deixem de visitar a página do Coletivo Catarse, diariamente. Esta coluna guerrilheira (midiática) está ficando cada vez mais ágil. O Coletivo é um pólo de aglutinação e de pura ousadia.

***************   Esperamos estar com a página do Blog toda restruturada ainda esta semana.

**     Uma verdeira aula de jornalismo comparado o editorial de Mino Carta, na edição desta semana da revista CartaCapital. “Quem a mídia nativa desta vez vai indicar…” mostra com os grande jornais da mídia corporativa estão unidos. Reproduz manchetes. “Folha de São Paulo” com “Obama ingnora Lula e pede sanções imediatas ao Irã”, e do “Estadão” com “Obama ignora Lula e mantém pressão por sanções ao Irã”. Destaque ainda para “Os dados estão lançados”, uma matéria sobre os institutos de pesquisa e a mídia.

SOU UM SEM VERGONHA

Recebi este comentário para a postagem    LUTA DE CLASSES EXISTE, SIM!

“tu é um velho louco e safado mesmo! macconheiro sem vergonha! que exemplo para os teus alunos! nojento. e me contaram que ainda fede! vai tomar banho!”

—- Esta pessoa é digna de pena. Não tenho nada a dizer. Ou melhor, posso dizer o seguinte: nos últimos 20 anos  – sem aceitar a indicação para professor homenageado ou para paraninfo – sou citado em todas as solenidade de formatura,  pelo alunos, como um dos mais importantes professores do curso de jornalismo da Fabico (Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS). Em quase 20 anos faltei apenas três dias por motivos de doença. Até hoje preparo minhas aulas.

Só nos próximos dias estarei em condições de retormar o trabalho que venho realizando, diariamente, nas primeiras horas da manhã, desde 2003 no site Pontodevista e desde 2002 no Blog.

AVISO

  • Estamos – por medida de segurança – começando a operar com uma nova versão do WordPress. Nesse processo, provisoriamente, a página perdeu seu desenho original. Precisamos algum tempo de adptação e para os reajustes. Durante os próximos dias nosso domínio da nova programação será limitado. Teremos que realizar todo um conjunto de procedimentos para recuperar o desenho original. Esta situação foi criada após a invasão da página por um hacker e de termos localizado algumas falhas de segurança em função da versão muito antiga com a qual estávamos operando.

LUTA DE CLASSE EXISTE, SIM!

“Assistindo à TV, somos pressionados a acreditar que, se nos encharcarmos de cerveja, tornar-nos-emos guerreiros (brameiro/guerreiro). Não se trata de mera promessa identificatório, técnica banal de propaganda. No caso específico, ao seduzir o espectador, equiparando valentia e consumo, a mensagem acena para o sucesso. Mas, na verdade, o conduz para o alcolismo, simultaneamente exaltado como meta. Essa talvez não seja uma experiência tão nova, mas, certamente, é expressiva da aprentação contemporânea da pervesão.”  ( trecho de uma das matérias da revista Cult com o dossiê Novas Formas de Perversão)
        E o papel da mídia corporativa em tudo isso? E o ensino de comuniciologia com habilitação em publicidade? E as campanhas de “marquetimmm” de crack nem pensar? E a hipocrisia? Nosso país está entre os primeiros em consumo de cerveja. Uma das piores cerveja do mundo.
        Ninguém discute nossos padrões de consumo.

“É fácil ver por que esse livro gerou, e continua gerando, um impacto tão contundente. De um lado, muitas reaçoes negativas; de outro, muita gratidão pelo apoio recebido. Acima de tudo, é um estudo da pobreza e sobre a força das divisões de classe subjacente a ela. Orwell nota, com desprezo, que em 1937 era moda dizer que as divisões de classe estavam desaparecendo na Grã-Bretanha. Vinte anos depois publiquei um livro que apresentava um argumento semelhante, e alguns críticos disseram que eu estava redondamente enganado, pois o sentimento de classe estava praticamente morto na Inglaterra. Mais trinta anos se passaram e as mesmas coisas continuam sendo ditas. As distinções de classe não morrem; apenas aprendem novas maneiras de se expressar. A atitude de Orwell diante dessa questão é inteiramente atual. A cada década, declaramos, cheios de astúcia, que já enterramos as divisões de classe; e a cada década o caixão continua vazio.”
        LUTA DE CLASSE EXISTE, SIM! 

  Já está nas livrarias “O caminho para Wigan Pier”, de George Orwell, da Companhia das Letras. Um texto polêmico. A primeira parte uma grande reportagem sobre a situação da classe operária, no início do século passado, no norte da Inglaterra. E, a segunda parte, com um texto ensaístico.
        Leitura obrigatória para os JORNALISTAS.

############# um dos filmes brasileiros mais badalados nesse momento, no exterior, inclusive com algums premiações é “MANDA BALA”. Já ouviu falar desse filme? Pois procure no YouTube. O tema é a relação entre corrupção e violência nas cidades do país. A relação que o sistema valoriza é consumo de drogas e violência. É evidente que esta relação existe, mas não é a principal. Corrupção e violência é a própria cara (escondida) do sistema. Relação que a mídia corporativa não “enxerga”.