ponto de vista

sonoridades

arquivo »

vídeos e fotos

  • jornais A
  • Jornais B
  • Jornais C
  • Jornais D

EM HOMENAGEM A BAADER MEINHOF

“… deslocar-nos quando ele não nos espera.” Sun Tzu


arte de Eugênio Neves
        Realizamos esta postagem de hoje (28.05.2009), antecipando em um dia a data anunciada por nós para a retomada das atividades, após uma semana de silêncio. A partir de amanhã (29.05.2009) manteremos nossa atitude de protesto. Mais uma semana de silêncio. Estamos sujeitos a uma multa de 150 reais diários em decorrência de qualquer comentário ou análise de materiais publicados por Zerolândia (jornal Zero Hora, da RBS). Não posso, por exemplo, apontar que “fotocampana” não é fotojornalismo. Todo o material produzido, anteriormente, de crítica ao ”showrnalismo cascateiro” foi retirado, tanto do sítio como do blog. Censurado. Esta é a minha opinião. Sou professor de jornalismo e tenho que ter assegurado o direito de dizer o que pensamos sobre tais práticas do showrnalismo. Apelidos não foram inventados por nós e tão pouco são o centro do nosso trabalho. Diante desta ação de força só nos resta esta atitude. A medida, do pontodevista concreto, seleciona o que podemos ou não analisar. Estamos autorizados (!!!??????) a comentar, apenas, as perfumarias. Ou a não comentar tais perfumarias. A medida nos impede do exercício da crítica. Trata-se de um ato de censura. E diante deste estamos imobilizados.
        A ação movida contra nós é patrocinada pelo PRBS (Partido Rede Brasil Sul de Comunicações), tendo em vista que é assumida por um funcionário de carreira com quase 40 anos de casa. Este é um fato. O resto é blábláblá na fabricação de mentiras. Não tínhamos noção – precisa – do o quanto nossas críticas incomodavam. Nossa inferioridade diante do gigantismo do Grupo é imensa. Temos, nesse momento, apenas força moral; a mais absoluta convicção das críticas realizadas por nós. Alguns possíveis erros de avaliação (ou até exageros) não anulam a honestidade com que estas foram realizadas. Em algum momento deverá prevalecer a força da retidão moral. Pouco importa ao final o resultado das ações. O episódio é emblemático. Indicativo do que pode estar sendo articulado. Alguns leitores informam que empresas da mídia corporativa estariam sugerindo que tudo que venha a ser publicado, na Internet, tenha como anexo uma  ficha. Dados com número da carteira de identidade, CPF e outras informações.
        Solicitamos, na medida do possível que todos, em seus respectivos espaços mantenham viva a informação de que estamos sob censura. E com alguma periodicidade. Esperamos, também, que a nossa situação não venha a se constituir em motivo para a autocensura. Agradecemos, antecipadamente, todas as manifestações de solidariedade. E de carinho.
       Mais uma vez estamos sendo empurrados gradativamente, queiram ou não,  para a clandestinidade. Estudamos a possibilidade de encerramos esta etapa. Talvez fique como alternativa a produção (clandestina) de textos e fotos para outros blogs e sítios. Sempre estive à disposição de todos os grupos anarquistas.
        Nossa postagem anterior foi encerrada com um viva ao Hamas. Uma provocação, sim. Encerramos esta com outra provocação. Desta vez, vivas em memória do grupo Facção Exército Vermelho, conhecido como Grupo Baader Meinhof.
Palavras e fotos como estiletes, sempre. Subvertendo a lógica das aparências, JORNALISMO é subversão.

CARAS DE NOSSO PAÍS
    Maria Teresa é uma emprega doméstica aposentada. Não tem nenhuma foto sua a não ser em documentos. Contou que na noite anterior não tinha se sentido bem.
  Zerolândia orienta e comanda a cenografia. Fotos apenas de gente jovem e bonita. Maria Teresa explicou como que o caldinho de um prato de mocotó tem o poder de recuperação.
   Prometemos a ela deixar no local copias do material fotográfico. Ela ficou super agradecida, mas durante todo o tempo explicou que não podia pagar. Maria Teresa é CARA de nosso país. Gente assim não aparece na mídia corporativa. Ou aparece como alguma forma de espetáculo. O sorriso dela é bonito. Deve ter cuidado de muita criança branca.
Mais educada, impossível.

             CENSORES UNIDOS SERÃO DERROTADOS
        Na década de 70, após dois anos de cadeia, trabalhando na velha Rádio Continental não fui submetido a nada parecido. Usar apelido era “fichinha”. Milico era milico. Estou impedido, por exemplo, de comentar a página 33, da edição dominical de Zerolândia (31 de maio de 2009), com matéria sobre a Ilha Presídio, do Guaíba, local onde cumpri 1 ano e nove meses da pena; onde convivi com Carlos Araújo, Raul Pont, Índio Vargas, tenente Dário (da guerrilha de Caparaó) e uma geração de revolucionários. Não chega ser estranho o fato de que a matéria cita o livro “Uma reportagem de idéias”, de Christa Berger e Beatriz Marocco. A professora Christa não deve ter tido a oportunidade de escutar alguma coisa da minha história quando trabalhou na Fabico (Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS), assim como a Beatriz talvez não tenha se lembrado de alguma referência à minha história quando ela era repórter da ZH e, eu, junto com o companheiro João Aveline (PCB/Partidão) fazíamos a Chefia de Reportagem. Não estou reivindicando nada. Mas esta “notinha” caiu do céu. Eles brilham nas páginas de Zerolândia e nós somos processados. Nosso principal objetivo foi alcançado. Para o leitor médio representa pouco. Mas Zerolândia precisa assumir algum tipo tipo de participação da campanha Cascata Nunca Mais. Caso contrário poderá parecer estar conivente com estas práticas. Haverá alguma perda de credibilidade. É certo que todos os showtógrafos estão se cuidando. O controle do material produzido, em princípio, deve estar sendo maior.
Censores, uni-vos!
E nunca esqueçam que policiais são terroristas com as credenciais certas. Professores devem ser reprovados. E que a esquerda é um zero à esquerda. Uma idéia anarquista.

################ este é o som. Todo o recado.

when was levitra first marketed reference com encyclopedia soma biology viagra in the waters erectile function and cialis is buying propecia online legal springfield ma dermatologist propecia lt lt cheap soma gt gt will viagra hurt me viagra canada satisfaction guarantee investment returns for viagra cialis and nitrates in the er viagra being ineffective over time new drug for women viagra free viagra on line viagra without a prescrition viagra for women testostrone buy domain levitra online alpha levitra blockers and order viagra international ships can i take soma with tramadol duration urine soma detection soma silk massage creme model workshops soma san francisco what are propecia side effects generic lowest price viagra levitra vardenafil hci viagra sildenafil citrate super generic viagra silagra how to make liquid cialis find search viagra free computer sexual stimulation required viagra generic generic cialis pills cod cialis in high blood pressur generic cialis tadalafil price comparison side effe ts of soma bring viagra into the usa what is soma product how often can viagra be taken best price on viagra viagra and online pharmacy viagra and heartworm in dogs buy cialis online pharmacy online canadian pharmacy for cialis take alternative viagra and take nitrates viagra sale fast shipping what to expect from levitra generic viagra erections time year easy on line viagra twisted scene 1 soma propecia length of prescription compare cialis viagra levitra soma puzzle math shapes viagra causing infertility in males convincing a doctor to prescibe cialis best canadian pharmacy to buy viagra viagra trial pack canada que efectos produce el viagra edinburgh search viagra sites news cialis medicine online order rx viagra black market viagra alert united states discount viagra addicted to soma heart lowest price on non generic levitra viagra find sites computer free cialis use for ms patients get viagra now internet cheap price levitra made in india does soma show on drug test best offer diet pill phentermine viagra viagra buy now pay later get generic viagra online love positions and generic cialis pills soma cruz genya arikado yaoi how viagra works in the body viagra dosage before bodybuilding contest soma silk massage creme levitra reg vardenafil hcl clarisa nora doctorovich viagra side effects forum viagra mexican rx cialis low priced discount viagra or cialis generic cialis guaranteed lowest price can you take viagra with minoxin viagra spoofing microsoft adresses akane soma nude video how viagra affects glaucoma cialis versus viagra side effects will propecia stop my hair loss ambien and soma online effects on teens taking viagra farmacias del ahorro cialis generic viagra in united states edinburgh uk viagra tid cfm revues sp cialis es en informatique super cheap soma carisprodol herbal alternative viagra levitra herb propecia online pharmacy renova stimula news release viagra woman soma a compositional language for distributed compare cialis to viagra overnight delivery cheap cialis can levitra be taken with norvasc women taking cialis in europe cialis use in muscle building soma holiday cd greenwheel generic generic cialis pills 25 mg going rate for cialis uk cheap viagra in uk propecia and affect on blood count soma no prescription 180 cheap viagra online order viagra now cialis or vardenafil 20mg tablet sex after taking viagra cypress tree in soma best source information about cialis homotaurine campral gabapentin levitra soma and viagra prescriptions free viagra viagra cialis prescription online purchase cheap cialis online cheapest online price sales soma generic ratings review propecia online drug purchase levitra online us pharmacies generic viagra softtabs buy soma without a prescription cheap soma on line more than one viagra day best way to buy viagra price of levitra in mexico fda approval of cialis purchase cheap cialis online buy darvon and soma

SILÊNCIO

         Saudações aos catógrafos do sistema. Showrnalistas, uni-vos! “Vitoriosos” pela imposição do silêncio. Não é a primeira vez que somos submetidos a esta situação. Com os métodos da cartilha “liberdade de imprensa”. O PRBS é a vanguarda. Todos estão à serviço do pior e mais reacionário showrnalismo do país. Já estão pensando na criação de uma nova rede, semelhante ao Twitter, em que só será possível usar uma única expressão: sim, não, concordo, aceito, etc. Continuamos mostrando e dizendo o que pensamos em sala de aula. Até quando? Não sei. Qual a eficiência nesse momento? Não sei. Vai alterar alguma coisa? Acho que não. As políticas do amortecimento, através da produção de bens simbólicos, das subjetividades reacionárias e conservadoras são de proporções gigantescas.       
          Carneirinhos, o diploma não está ameaçado porra nenhuma. A censura é midiática. No caso bancada pelo PRBS (Rede Brasil Sul e Comunicações com Zero Hora).
          E ninguém diz nada. Existe uma invísivel rede de conivências corporativas. Jornalismo, como diz o velho Mino Carta, é fidelidade absoluta à verdade factual, aguçado espírito crítico e vigilância intransigente de todo e qualquer tipo de poder. Exercemos, assim, nosso trabalho de monitoramento de Zerolândia no últimos dez anos, no suporte Internet e no espaço da academia que, em princípio, é o lugar da reflexão crítica. Na atualidade “só em princípio” e não na realidade concreta. Sempre sonhei com a possibilidade de um dia me tornar JORNALISTA. Um autêntico subversivo.
          Abaixo a hipocrisia. Viva o Hamas!

CHUVA E SOL

 
Sexta-feira, centro de PA, em torno das 17h.


Sol e chuva em um minuto.

                     RADICALMENTE ANARQUISTA
         Informamos com profunda tristeza o falecimento do escritor anarquista, militante e associado do Centro de Cultura Social, Edgar Rodrigues. Sua morte se deu por volta das 20h de ontem, quinta-feira, devido a uma parada cárdio-respiratória. O corpo será cremado entre sábado e domingo sem cerimônia, como era a vontade de Edgar. Autor de dezenas de obras e centenas de artigos sobre a história e as idéias anarquistas no Brasil e em Portugal, Edgar foi o maior e o mais importante difusor da cultura libertária desde o final dos anos 1960 quando publicou, sob a ditadura militar, a trilogia tornada clássica e indispensável em nossos dias: “Socialismo e Sindicalismo no Brasil, 1675/1913″, “Nacionalismo e Cultura Social, 1913-1922″ e “Novos Rumos, 1922-1945″.
         Edgar foi também fundador e um dos principais fomentadores do arquivo atualmente em posse do Círculo Alfa de Estudos Históricos (Grupo Projeção), para o qual, não obstante sua obscura expulsão, destinou partes substanciais de seu precioso acervo pessoal reunido ao longo de uma vida e com duros esforços.
        A jovem geração anarquista que surge em meados dos anos 1980 juntamente com a reabertura do Centro de Cultura Social de São Paulo, certamente não saberia passar sem Edgar Rodrigues. Esta geração lhe é grata pela generosidade com a qual ele sempre soube lidar com o patrimônio cultural do anarquismo e por seu trabalho incansável e resgate da história e da memória anarquista. Edgar que se foi aos 88 anos estará sempre presente para nós por meio de suas obras, por sua tenra lembrança e por uma vida dedicada ao anarquismo. Saúde e Anarquia!
VISITE O Centro de Cultura Social

############ morreu também, com 88 anos, em Montevidéu o escritor Mario Benedetti. Ainda recentemente, as livrarias receberam da editora Alfaguara a coletânea de contos “Correio do Tempo”.